UM POUCO SOBRE O PSICODÁLIA

Psicodália é um festival multicultural independente, que abre espaço para diversos cenários artísticos e culturais. Na música, encontram-se presentes o rock’n’roll e suas vertentes, como e o rock progressivo e o psicodélico, o rock rural, e também estilos como o jazz, blues, mpb, soul, reggae e músicas regionais.

Atualmente, o festival é realizado na cidade de Rio Negrinho – SC (120km de Curitiba), e desde 2006, ocorre anualmente no Carnaval, o que faz com que o Psicodália tenha se tornado uma alternativa para quem deseja um programa diferente para esse período.

O festival tem como uma das ideologias o apoio à diversidade, respeito à natureza e conscientização ecológica, e trabalha com um programa de gerenciamento de resíduos onde todo o lixo gerado no festival é destinado. Como uma das alternativas para reduzir a produção de lixo, é oferecido aos participantes copos reutilizáveis, onde é possível servir bebidas com refil. Além disso, o lixo é reciclado e há diversas lixeiras bem posicionadas e sinalizadas.

No Psicodália você encontra artistas vindos de todo o território brasileiro e também ícones consagrados, nacional e internacionalmente. Por lá já passaram nomes como:  Ian Anderson tocando o melhor do Jethro Tull, John Kay e Steppenwolf, Moraes Moreira, Alceu Valença, Arnaldo Batista, Baby do Brasil, Os Mutantes, Elza Soares, Tom Zé, Paulinho Boca, Naná Vasconcelos, Nação Zumbi, Made in Brazil, Patrulha do Espaço, Sérgio Dias, Casa das Máquinas, Som Nosso de Cada Dia, Sá e Guarabyra, Ave Sangria, Jards Macalé, Traditional Jazz Band, Blindagem, A Bolha, Módulo 1000, Pedra Branca, Wander Wildner, Hermeto Pascoal, O Terço, Orquestra Contemporânea de Olinda, O Terno, Bixo da Seda, Blues Etílicos, Yamandú Costa, Almir Sater, Terreno Baldio, Jupiter Maçã, Violeta de Outono, Baby do Brasil, Gong, Ney Matogrosso, Erasmo Carlos, Di Melo, Liniker e muitos outros. Em mais de 10 anos, o festival já soma mais de 1.ooo apresentações musicais realizadas. Além dos shows, também são promovidas atividades culturais que envolvem dança, teatro, circo, música, ecologia e saúde, assim como a exibição de filmes e peças de teatro, recreações adulto e infantil, exposições, bazar, entre outros.

O público presente no festival possui consciência em relação à boa convivência e há uma preocupação mútua com a natureza, e por isso o festival é reconhecido pelo respeito entre sociedade e natureza.