fbpx

Após a ótima receptividade do álbum Xenia, que marcou a sua estreia-solo, a cantora e compositora Xenia França roda o país com o show deste trabalho. Logo na abertura, ela dá o tom
com a música Pra Que Me Chamas?, na qual faz referência aos seus ancestrais, manifestando que a história dela não começou no seu ano de nascimento, mas muito antes disso.
Assim como no disco, a apresentação segue por um caminho poderoso em que traça o empoderamento da cantora e também a tomada de consciência sobre o poder da mulher negra. “Preta Yayá” é exemplo disso, música que homenageia a diáspora negra.

Acompanhada por Pipo Pegoraro (guitarra e MPC), Robinho Tavares (baixo), Vitor Cabral (bateria), Fabio Leandro (teclados) e Ricardo Braga (percussão), a cantora de Camaçari (Bahia) segue o repertório com “Minha História”, “Miragem”, “Tereza Guerreira” e “Perfeita pra Você”. Aos poucos, o público adentra no universo de Xenia, que performa em músicas próprias, mas também toma para si composições de outros autores.
O discurso do show, por meio da música, passa por assuntos que flertam, com a afetividade, ancestralidade, intimidade, fé, inquietações e identidade. Faixas como “Destino”, “Reach the
Stars”, “Respeitem” e “Nave” ajudam a delinear esse show autobiográfico. A força do repertório e da performance ao vivo levaram Xenia França aos palcos das principais casas de shows e festivais do país. Ela esteve presente na programação do Festival CoMA (Brasília), Coala Festival (São Paulo), Queremos (Rio de Janeiro), entre outros. Em 2018, a cantora também subiu ao palco do Summerstage no Central Park em Nova York.
Xenia França concorreu ao Latin Grammy 2018 nas categorias Melhor Álbum Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa e Melhor música pela faixa Pra que me chamas? Também concorre na categoria melhor show no Women Music Award 2018.
www.youtube.com/XeniaEric1

Projetos Relacionados

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar