Ingressos

“Na luta de classes, todas as armas são boas: pedras, noites e poemas.” (Paulo Leminski).

Nascemos do afeto à poesia, à rua, à palavra que não se doma, ao amor. Da necessidade de compartilhar imagens e se encontrar no outro tantas quantas vezes sejam possíveis. Poesia Vertigem é um ritual entre poesia, música e imagens. Linguagens afins que se integram com a presença da palavra, do corpo, do livro, do audiovisual. São estes os elementos que levamos a público e com ele integramos o ritual. Nesta feita apresentamos a poesia que não se conforma e não se isenta. A poesia inquieta de um tempo em convulsão. Certos poemas em dias incertos…

A apresentação consiste na leitura de poesias/textos acompanhadas de música (baixo…teclado e projeção de vídeos). São lidos textos que transitam entre João Cabral de Melo Neto, Hilda Hilst, Charles Bukowski, Eduardo Dum-Dum (Facção Central), Ridson, J. G de Araujo Jorge, Arthur Rimbaud, Vange Leonel, Walt Whitman , Paulo Leminski…

Classificação indicativa: 14 anos. Duração 60 minutos.

FICHA TÉCNICA Realização: Grupo Vertigem de Ações Poéticas. Produção: Tatiana de Avila Zawadzki. Produtor/Técnico de Vídeo: José Sérgio Boita Junior. Produtor/luminador: Louis Rodrigues. Leitores: Fabiane Biazus, Herman Gomes Silvani, Valdemir Antonio Oliveira. Trilha Sonora: Jakson Ronaldo Kreuz e Elizangela Alves Bueno

Projetos Relacionados

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar